4 de mai de 2012

BOA TARDE AMIGOS, SEGUIDORES E VISITANTES

Hoje é sexta feira e para encerrar de forma triunfal a semana que foi cheia de novidades e com muita CLARA CLARIDADE NUNES, trago hoje uma matéria da revista INTERVALO de 1970, onde fala sobre o possível romance que Clara teve com o jogador de futebol Jairzinho, está revista faz parte do meu acervo pessoal, fiquem á vontade para copiar e compartilhar, mas sempre lembrando de mencionar o BLOG DEUSA DOS ORIXÁS, um espaço feito com muito carinho para todos nós fãs da guerreira.
Segue também outra raridade enviada pelo amigo DÉCIO OLIVEIRA , a foto e a matéria completa de Clara nunes no TROFÉU IMPRENSA, ao lado de Silvio santos, é a REVISTA MELODIAS de 1974. 
FIQUEM BEM E ATÉ A PRÓXIMA SEMANA!
ABRAÇOS

ANINHA VIEIRA



 TEMOS TAMBÉM HOMENAGENS VINDAS DE LONGE!

Os amantes de samba de Chicago para celebrar o legado de Clara Nunes "

Quando os fãs de samba acha das mulheres que fizeram a sua marca na música samba tradicional, sem dúvida, um nome surge com mais freqüência do que o resto: Clara Nunes. Um cantor poderoso, que deixou um legado musical muito forte apesar de ter uma carreira relativamente curta, Nunes continua a influenciar músicos de samba em todo o mundo. Mas seu legado vai além de canções: Ela também abriu o caminho para o ressurgimento da influência Africano e folclórico na música popular brasileira. E, apesar de suas canções são bem conhecidos, a história desta figura icónica que mudou a cara do samba não é.
Clara Nunes albumsNascido em 1943 em Caetanópolis, Minas Gerais, Nunes enfrentado sua cota de lutas em seus primeiros anos. Um órfão aos 3 anos, ela ganhou sua primeira competição vocal com a tenra idade de 9, recebendo um vestido azul como um prêmio. Aos 14 anos, vivendo em uma área rural, ela começou a trabalhar como costureira na mesma fábrica que o pai dela, um guitarrista e influência musical, tinha trabalhado antes de sua morte. A tragédia atingiu a família mais uma vez quando um de seus irmãos assassinados seu namorado em 1957, pondo em movimento uma cadeia de eventos que levariam para a fama e fortuna.
Após uma mudança para a capital do estado, Belo Horizonte, Nunes mudou-se com dois outros irmãos e fez música sua prioridade principal. Nos fins de semana, ela participaria Coral Renascença, um coro de igreja do bairro onde ela passou a atender guitarrista Jadir Ambrósio, mais conhecido por compor o hino para Belo Horizonte Cruzeiro equipe de futebol. Surpreso com a sua voz, tão poderoso para uma menina de 16 anos, Ambrosio foi responsável pela introdução Nunes aos programas de rádio locais onde ela começou a fazer um nome para si mesma.Em 1965, Nunes estava morando no Rio de Janeiro, aparecendo em programas de TV populares como Chacrinha e Almoço com como Estrelas. Logo depois, a gravadora Odeon a convidou para uma audição, que resultou em seu primeiro LP.
Não foi até 1970 que Nunes deixou sua marca no samba. Até então ela havia sido conhecido principalmente por boleros, mas uma visita a Luanda, Angola, influenciado-a profundamente, fazendo-a procurar a ajuda de amigos e compositores da cena samba que iria escrever algumas das canções que ela é conhecida por hoje. Diz-se que após sua visita a África, ela se converteu à Umbanda, uma religião afro-brasileira, que também provocou uma influência no seu estilo. Sua conversão à Umbanda também alimentou seu caso de amor com o estado brasileiro da Bahia, o centro da cultura afro-brasileira.
"E Baiana" ou "Ela é baiana" foi sua primeiro samba, lançado em 1971 e aclamado pela crítica. Canções que falavam da diáspora Africano e tráfico de escravos se tornou sua marca registrada. Ela começou a incorporar instrumentos folclóricos como atabaque (instrumento conga-like) e popularizar ritmos baianos como o jongo eo ijexá, e uma série de canções de sucesso solidificou seu lugar entre os grandes da música brasileira. Canções como "Canto das Três Raças", "Guerreira" e escola de samba hino "Portela nd Avenida" tudo quebrou barreiras musicais, como Nunes atingiu o auge de sua carreira em meados dos anos 70 para o final.Em 1980, 10 anos após sua primeira viagem ao país, Nunes foi convidado para mais uma vez representar o Brasil em um festival de música em Angola ao lado de Chico Buarque e Dorival Caymmi.
Sua morte repentina em 2 de abril de 1983, com a idade de 39 anos, chocou o Brasil. 50.000 pessoas lotaram a sede da Portela samba da escola para o velório, e ainda mais às ruas como seu cortejo fúnebre fez o seu caminho através do Rio para o seu lugar de descanso final em um cemitério particular no bairro de Botafogo.
Chicago Beaba do Samba fará um tributo a sua música amanhã (sábado, 5 de maio) às 8:30 pm no Ground Uncommon, 1401 W. Devon Ave., Chicago, IL 60660. A banda vai tocar suas canções mais famosas, bem como melodias populares que cantam sobre os Orixás, as divindades das religiões afro-brasileiras de Umbanda e Candomblé.
http://www.chicagoano.com/blog/2012/05/04/chicago-samba-lovers-to-celebrate-clara-nunes-legac/

PÁGINA JÁ TRADUZIDA PELO GOOGLE


Nenhum comentário:

HOMENAGENS!

Loading...

CLARA NUNES, MEU SONHO CRISTALINO!

guerreira!

MINHA HOMENAGEM Á CLARIDADE

PARCERIA MERCADO LIVRE

CLARA NO YOU TUBE

Loading...

ANINHA VIEIRA

Minha foto
BRASIL, RS, Brazil
MAIS UM ESPAÇO DEDICADO A NOSSA ESTRELA MAIOR CLARA NUNES. CLARA, NÓS TE AMAMOOOOOOOOOOOOOSSS!!!! ANINHA VIEIRA/RS