12 de mai de 2012


TEXTO EXTRAÍDO DO BLOG:  VISÃO GERAL

DE CAIO FERNANDO


29 anos sem Clara Nunes

(foto de Wilton Montenegro para a capa do LP Esperança de 1979)


"Tenha bons sonhos", disse o Dr. Américo. Clara respondeu: "Que sejam coloridos, doutor."  Américo aplicou - lhe uma combinação de medicamentos na veia. Clara Nunes apagou, para nunca mais despertar.

Eram quinze para as onze da manhã do dia 05 de março de 1983, começa a cirurgía. Clara Nunes, mais linda do que nunca e no auge da carreira - consagrada como uma das mais importantes cantoras brasileiras de todos os tempos e uma das mais queridas e populares artistas do país, reconhecida nacional e internacionalmente, se internara na Clínica São Vicente, uma das mais renomadas e caras do Rio de Janeiro para uma simples operação de varizes.

Clara estava tão tranquila que dispensou a companhía do marido, Paulo César Pinheiro. Foi para a clínica dirigindo seu carro. Era pra ser uma cirurgía boba, e no dia seguinte a cantora recebería alta médica e podería voltar para casa. Um problema com a Anestesía, no entanto, colocou a cantora em vida vegetativa. Clara Nunes sofreu um Choque Anafilático e entrou em coma profundo.

Na madrugada do dia 02 de abril do mesmo ano, um sábado de Aleluia, Clara Nunes entrou oficialmente em óbito, após 28 dias de sofrimento. Poucos meses antes de completar 40 anos, uma das mais belas vozes brasileiras se calava. O Brasil parou. O povo brasileiro sofreu duramente a perda daquela mineirinha simpática, sorridente e cheia de vida. Parecía um pesadelo.

Clara Nunes havía prometido à Velha Guarda da Portela, da qual era madrinha, que voltaría no primeiro domingo de abril para realizar um show junto a seus afilhados. Voltou ao Portelão com um dia de antecedência, porém, dentro de um caixão, para ser velada num dia nublado por cerca de 50 mil pessoas.

Quando o caixão foi fechado, os fãns, emocionados, cantavam a "Valça do Adeus". O surdo da Batería da Portela marcou a saída de Clara, pela última vez, da quadra da escola que tanto amava. Clara Nunes foi enterrada no início da noite, em meio a muita comoção, no Cemitério São João Batista.

"Todos sabem que foi um erro médico. Provar isso são outros quinhentos. Mexer nisso agora é só reabrir velhas feridas", diria Paulo César Pinheiro, anos depois, ao jornal Estado De Minas.


Após 29 anos, Clara Nunes segue viva na memória do povo brasileira. O jornalista e crítico Nelson Motta, em sua coluna no Jornal da Globo, chegou a afirmar que nenhuma outra artista na história do Brasil, foi tão homenageada quanto Clara Nunes foi e ainda é, nos dias de hoje.

Clara Nunes, uma verdadeira rainha da MPB.

Assistam ao Arquivo News em homenagem a Clara Nunes:



Nenhum comentário:

HOMENAGENS!

Loading...

CLARA NUNES, MEU SONHO CRISTALINO!

guerreira!

MINHA HOMENAGEM Á CLARIDADE

PARCERIA MERCADO LIVRE

CLARA NO YOU TUBE

Loading...

ANINHA VIEIRA

Minha foto
BRASIL, RS, Brazil
MAIS UM ESPAÇO DEDICADO A NOSSA ESTRELA MAIOR CLARA NUNES. CLARA, NÓS TE AMAMOOOOOOOOOOOOOSSS!!!! ANINHA VIEIRA/RS