25 de jan de 2008









PORTELA 2008

Enredo:" Reconstruindo a natureza, recriando a vida:o sonho vira realidade"Segue os passos do criador



Vai minha Águia Guerreira
Leva essa mensagem de amor
De Oswaldo Cruz e Madureira
Água, fonte eterna da vida
Terra, templo da evolução
O homem surgiu, brincou de criar
Descobriu tanta riqueza
É preciso progredir sem destruir
Viver em comunhão com a natureza
É o rio que corre a caminho do mar
A flor que se abre na primavera
Do ventre a esperança que vem renovar
O sonho de uma nova era
É hora de darmos aos mãos
Lutarmos pro mundo mudar
O líder de cada nação
Precisa parar pra pensar
A palavra é união
Pra reconstruir o nosso lar
Brasil, teu verde é o símbolo da vida
Renova a tua energia
Meu coração é o meu paísO sol vai brilhar pra anunciar
Um futuro mais felizEu sou a água, sou a terra, sou o ar
Sou Portela
Um sonho real, um grito de alerta
A natureza que encanta a passarela

Samba de Diogo Nogueira, Ciraninho, Celso Andrade, Jr. Escafura e Ari do Cavaco.


Veja como será o desfile da Portela:

Comissão de frente: Água, fonte da vida;Primeiro casal de Mestre-sala e porta-bandeira: O casal também está inserido nesta primeira fase do desfile, que remete a água como fonte da vida;Abre-alas: “Água, fonte da vida” - Abertura com a água. O carro é acoplado, tem 50 metros e levará a maior águia da história da Portela, com quase 20 metros de largura e oito de altura, repleta de efeitos especiais;

Primeiro setor: Mostra o papel fundamental da água para a existência do planeta;



Segundo setor: “Mistérios do mar” – Viagem às maravilhas do mar. Embora continue no contexto da água, o carnavalesco apresenta uma fase mais lúdica, onde apresenta o surgimento da vida, citando a ciência e a Bíblia. A beleza da fauna e flora marinha, com seus seres, a riqueza dos oceanos, o encanto e magia das profundezas, e os seres que sobrevivem sem a luz do sol serão lembrados;



Baianas: “Águas da vida” - As 120 senhoras terão fantasias num contexto das profundezas dos oceanos;

Segundo carro: “Resplendor dos mares” – Figuras exóticas das profundezas marinhas foram transformadas em adereços nesta alegoria, que representa o fundo do mar;



Terceiro setor: “Maravilhas da Terra” – É a fase do desfile que a Portela exalta as riquezas e belezas da Mata Atlântica, do Pantanal e da Amazônia. Animais em extinção e outros que já não correm mais risco de desaparecerem graças ao esforço do homem em preservá-lo serão lembrados;



Terceiro carro: “Terra – Templo da evolução” – Será uma grande floresta tropical. Aborda a comunhão do homem com a natureza. Será possível identificar povos que dependem da floresta para sobreviver e se alimentar, como os aborígenes da Austrália, os pigmeus das florestas africanas, e dos índios. Esses homens vão mostrar o cuidado que têm para preservar a casa deles;

Quarto setor: “Viva a nossa natureza” – Exalta as belezas do Rio de Janeiro. Homenagem ao Jardim Botânico, Floresta da Tijuca e também à Família Real portuguesa. A ala da baluarte portelense Dodô representa a “Dama das flores” neste setor. O Jardim Real também será citado em uma das fantasias;

Quarto carro: “Maravilhas do ar” – Carro com muitas cores, luzes e de vários efeitos especiais para fazer borboletas e pássaros voarem na Sapucaí;



Quinto setor: “As novas fontes de energia” – Fase do desfile sobre as energias renováveis, como a eólica, solar, águas, predominando as cores verde, amarelo, azul e branco, no qual se exalta o Brasil com o biodisel;



Passistas: Este ano o grupo estará logo à frente dos ritmistas. É uma forma de valorizar os passistas, que terão sincronismo com a bateria durante as coreografias;



Bateria: “Energia das ondas”;Quinto carro: “Viva a vida” – O carnavalesco promete uma alegoria especial em que mostrará a reconstrução da natureza;



Sexto setor: “Semeando esperança” – É um pedido de união e conscientização mundial. A intenção é que o mundo tenha a idéia de que o planeta precisa mudar para melhor. E para isso, é necessário que os líderes das nações parem para pensar sobre isso. Lavradores de vários continentes serão representados nas fantasias: o coco da Oceania, os grãos do arroz da Ásia, trigo e centeio da Europa e banana das Américas. A África será lembrada por um pedido de socorro e todas as atenções se voltam para lá. Fome, miséria e a destruição da fauna e flora serão lembradas como algumas das mazelas africanas;



Sétimo setor: “Reconstruindo a natureza, recriando a vida: O sonho vira realidade” – A Portela encerra o seu carnaval na era do gelo, e se depara com pingüins e albatrozes em mundo gelado. Tudo isso para mostra que ainda há esperança, mesmo nos lugares mais remotos e frios do mundo, através de um sentimento chamado amor é possível mudar a história do planeta. Um grande coração pulsando pede que cada ser humano para que realmente aconteça uma mudança;

Sétimo carro: “Reconstruindo a natureza, recriando a vida: O sonho vira realidade” - Aborda de forma mais explicita o aquecimento global. A alegoria é uma grande geleira. A agremiação fecha o seu carnaval no gelo, no frio, mas com muito amor no coração e um apelo: “Junte-se a nós”.

Nenhum comentário:

HOMENAGENS!

Loading...

CLARA NUNES, MEU SONHO CRISTALINO!

guerreira!

MINHA HOMENAGEM Á CLARIDADE

PARCERIA MERCADO LIVRE

CLARA NO YOU TUBE

Loading...

ANINHA VIEIRA

Minha foto
BRASIL, RS, Brazil
MAIS UM ESPAÇO DEDICADO A NOSSA ESTRELA MAIOR CLARA NUNES. CLARA, NÓS TE AMAMOOOOOOOOOOOOOSSS!!!! ANINHA VIEIRA/RS