2 de jun de 2012

A PARTIR DE HOJE VAMOS CONTAR EM PARTES UM POUCO DA HISTÓRIA DE VIDA DE CLARA NUNES!
ESTE TEXTO ESCREVI EM 2007 PARA LEVAR Á ESCOLA DE SAMBA BAMBAS DA ORGIA AQUI DE PORTO ALEGRE/RS PARA QUE O TEMA ENTRASSE NA CONCORRÊNCIA JUNTO COM VÁRIOS OUTROS QUE ESTAVAM NA PAUTA PARA SER O TEMA DO CARNAVAL DE 2008.
O TEXTO TEM COMO FONTE DE PESQUISA O LIVRO CLARA NUNES GUERREIRA DA UTOPIA, SITES DA INTERNET, CONVERSA COM AMIGOS PRÓXIMOS Á FAMÍLIA DE CLARA NUNES E O ANTIGO E EXTINTO FÃ CLUBE VIRTUAL DO MSN GROUPS.


PARTE 1 -  NASCE UMA FUTURA ESTRELA!


     Clara Nunes, ou , Clara Francisca Gonçalves , nasceu em Caetanópolis ,distrito de Paraópeba /MG, no dia 12/08/1942, precisamente as 18 horas , nasceu pelas mãos do doutor Guilherme Mascarenhas Dalle ,um dia antes do aniversário de santa Clara, filha de um violeiro chamado Manoel Pereira de Araújo, ( o conhecido Manoel serrador )seu pai participava das folias de rei, era um exímio serrador, mamãe , dona Amélia Gonçalves Nunes era uma dedicada dona de casa, que cuidava com muito amor de seus 7 filhos: Maria ( Dindinha ) ,vicentina, José, branca (Valdomira ) , Joaquim e Filomena ,  a caçula nem preciso dizer quem é, mas para quem não souber, a caçula dos 7 era ela mesma, nossa musa Clara Nunes.
  Clarinha foi registrada no dia 12/08/1942 , seu batismo aconteceu  na igreja Santo Antonio na comarca de nossa senhora do Carmo em Caetanópolis 13 anos após seu nascimento, teve como padrinho seu primo Arlindo e como madrinha dona Zita, uma grande amiga da família.
  Aos dois anos de idade Clara perde seu pai, em uma noite chuvosa seu mane sai para alegrar uma festa de casamento e nunca mais retorna para casa, cai morto na estrada vítima de um infarto fulminante para desespero de todos e tristeza de dona Amélia que morreria também quatro anos mais tarde de câncer no abdômem, Claridade ficaria órfã aos seis anos de idade.

                                                   Amélia e Mané Serrador - pais de Clara Nunes
     Nesta época Clara já está na escola onde muitas vezes se apresentava para os colegas nas  festas  , uma moça, dona Maria Brás, funcionária do hospital da cidade, penalizada com a situação de Clara lhe presenteia com um mimo que faria para sempre o coração de claridade palpitar forte, uma boneca, a primeira boneca de verdade, pois até então só conhecia as bonecas  de pano ou de papelão que  sempre ganhava de suas irmãs mais velhas, então no dia que recebeu este mimo, uma boneca de verdade ficou muito feliz a partir dali elas seriam eternamente os xodós de Clara.


Aos sete anos adorava imitar cantoras famosas da época como Carmem Costa , nas épocas da rádio nacional, também já participava de shows de calouros em sua cidade, seu primeiro premio foi uma lata de talco.
       Já no Grupo Escolar Caetano Mascarenhas, teve sua primeira professora dona Terezinha Rocha , professora que conhecia bem o gosto da menina órfã por bonecas e por sua vontade de se expressar por meio da arte e do canto, saía sempre nas Pastorinhas, grupo de Danças da região e participava das serenatas no cinema da praça da matriz.
       Clara herdou o gosto pela música e a alegria de viver de seu pai, seu Manoel, ainda fez aula de catecismo na matriz da cruzada eucarística, lá também cantou em latin as ladainhas do coro da igreja, na igreja também aprendeu a tecer fios.
             Aos nove anos de idade Clara , se apresentaria em palcos pela primeira vez, na então fábrica têxtil cedro cachoeira que futuramente se tornaria o cinema clube cedrense.
         No ano de 1952, aos 10 anos de idade ganha seu primeiro concurso de calouros em  Paraopéba, o premio um vestido azul , a música que ela interpretou: RECUERDOS DE YPACARÍ , desde este dia ela nunca pararia de ganhar os concursos de canto realizados na cidade.
       Aos 14 anos de idade Clara ganhou de presente um emprego na fábrica companhia cedro cachoeira como tecelã, 12 de agosto de 1956.



        Em 1956 um rapaz que sentia certa atração por Clara, então com 14 anos, lhe traz um presente, ao abrir, foi a maior farra, era uma xícara, toda família achou muita graça, na originalidade do rapaz, mas logo clara percebeu, além do presente esquisito, tinha outra surpresa, no fundo da xícara havia um lindo cordão de ouro, bem escondido na parte de baixo, todos calaram – se diante de tamanha revelação, mas não foi este o rapaz que trouxe problemas para a família  e sim um jovem chamado Adilson, um namorinho de portão que durou apenas 10 dias , mas que marcaria para sempre a vida da menina.
O irmão mais velho de Clara descobria então que o tal jovem espalhava boatos sobre a menina pela cidade e foi tirar satisfações com o rapaz, que o enfrentou levando o irmão de Clara á revidar.
     Logo em seguida desta tragédia, Clara mudou – se para Belo Horizonte com sua irmã vicentina, ambas foram morar com uma tia, em uma casa no bairro Renascença, Clara começou a trabalhar na fábrica Renascença, fazia curso normal de noite e nos finais de semana participava do coral da igreja santo Afonso, no bairro renascença, onde morava.
   Sempre vi em matérias pela internet que Clara fora criada no bairro Renascença, mas uma amiga pessoal  da família me confidenciou que Clara morou mesmo no bairro CACHOEIRINHA, onde a rua nos dias de hoje leva seu nome.

Ainda neste ano clara é descoberta cantando no coro da igreja por Jadir Ambrósio, famoso compositor mineiro, Jadir leva a menina clara para participar de seus primeiros programas de rádio, ainda com seu nome de batismo, clara Francisca Gonçalves.
     
  O ano era 1960,e em uma festa no ginásio de esportes Renascença , Clara conhece Aurino Araújo, um jovem play boy da sociedade irmão do já cantor da jovem guarda Eduardo Araújo, jovem o qual namoraria por quase dez anos, Jadir Ambrósio dá o primeiro empurrão na carreira de Claridade coloca ela para  concorrer no concurso ´´ VÓZ DE OURO ´, ficando em primeiro lugar com a música serenata do adeus de Vinicius de Moraes, daí vai para a grande final em são Paulo , e ganha o terceiro lugar com a melodia de Jair Amorim e Evaldo Gouveia: só deus.

   Depois participar do concurso, clara já tinha sua voz bem conhecida em M G, vindo então a ser convidada á ter seu próprio programa de rádio, assinou contrato com a rádio inconfidência e á noite trabalhava como croonner em boates, com sua banda, todos levados por Jadir, muitas vezes tocavam apenas pelo dinheiro para comida, passagens as roupas e a maquiagem de Clara ,percorreram vários lugares no estado chegando a fazer parcerias com o grande Milton nascimento.
Ficaria com seu programa no ar por mais de um ano e meio.   Clara ganhou o título de rainha do concurso do jubileu de prata da rádio inconfidência .



(1961)inconfidência - quando a rádio completaria 25 anos, gravou sua primeira canção, registrada no disco os vibrantes 25 anos da rádio 
vida cruel – canta clara nunes

E por volta do ano de 1962 ela concorre novamente em outro concurso de beleza, ganhando em primeiro como rainha da guarda civil de MG , tendo assim que pedir demissão de seu emprego na Companhia Renascença no dia 13 de março de 1962, pois tinha que virar á noite a cantar, então ofereceu –se para desfilar como modelo á fábrica.

´´ Minha família era muito pobre , mas muito feliz e alegre.
Me lembro do meu pai, o Mané Serrador , operário de uma serraria e violeiro dos melhores ´´

   No ano de 1963 , clara  Adota o nome da mãe, passando a usar clara Nunes, então o Brasil inteiro logo iria conhecer Clara, a menina do interior que se aproximava a cada dia do estrelato.

´´ meu pai era um homem bonito pra burro. Um metro e noventa de altura. Gostava de festas, folia de reis. Vestia – se de rei e a casa se enchia de vida , com sua viola caipira.
Morreu quando eu tinha oito anos . nunca mais foi a mesma coisa. Logo depois morreu minha mamãe. Um caso típico de morrer de amor. Eu também seria capaz. Meu irmão José com 18 anos trabalhava para sustentar a gente e a minha irmã Dindinha  , assumiu o papel de mãe . a coisa ficou bastante difícil . a gente era pobre. Depois ficou mais difícil. Os mais velhos chegaram a discutir a possibilidade de dividir a família , mas eles eram muito fortes e amadurecidos para a idade. Resolveram manter a família unida e sofremos muito, mas juntos´´...

segue...

amanhã segunda parte desta trajetória de sucesso ...

Nenhum comentário:

HOMENAGENS!

Loading...

CLARA NUNES, MEU SONHO CRISTALINO!

guerreira!

MINHA HOMENAGEM Á CLARIDADE

PARCERIA MERCADO LIVRE

CLARA NO YOU TUBE

Loading...

ANINHA VIEIRA

Minha foto
BRASIL, RS, Brazil
MAIS UM ESPAÇO DEDICADO A NOSSA ESTRELA MAIOR CLARA NUNES. CLARA, NÓS TE AMAMOOOOOOOOOOOOOSSS!!!! ANINHA VIEIRA/RS