20 de nov de 2007





Clara como a luz do sol

Jornal A Gazeta- Vitória-ES

19 de Novembro de 2007
Jace Theodoro

Crianças enxergam o mundo por lentes muito peculiares. Um olho mira o fato, o outro, pelas retinas do inconsciente, o que se encobre atrás do fato. A lembrança de Clara Nunes, naquelas tardes fagueiras à sombra das bananeiras, causava estranhamento. Estranho o cabelo ouriçado por permanente, o figurino com referências ao candomblé, rendas e balangandãs que a aproximavam de uma Carmem Miranda, menos folclórica, mais afro-mineira.

A criança não se metia em definições desse naipe. Contemplava o estranhamento que, aos poucos, vencendo a obviedade que as imagens provocam ao primeiro olhar, se transformava em fascinação. A alquimia da Clara estranha com a Clara fascinante é que me tornou um admirador da cantora. A riqueza do repertório, o apelo popular da artista, a voz envolvente fizeram dela uma estrela de inúmeras cintilações.

Dia desses, depois de iluminada noite de homenagens a Clara na Estação Porto (o ótimo espaço cultural da Capital, agora em reformas), trouxe de volta a criança. Na aurora da minha vida, na infância querida, a estranheza ao ver a figura da cantora tinha origem na mão pesada da religião que se colocava sobre minha consciência com uma certa repulsão pelo que não fosse o ritual de hóstias e ave-marias. Aquela mão tinha o som da palmada, que não combinava com a música da tal mineira.

Mesmo cantando canções com referências aos orixás do candomblé num tempo de repressão, com eduardos mãos de tesoura picotando o que não fosse senso comum, Clara iluminou os palcos perguntando a Iansã, "cadê Ogum?". O público comparecia no refrão e respondia "foi pro mar". Seu canto trazia de volta ao lugar qualquer nariz torcido contra sua opção religiosa.

Em um exercício de profecia, fico a tricotar com o rosário dos dias. Como seria a aceitação de Clara Nunes nestes tempos de guerra santa, de chutes na imagem de Nossa Senhora, de quebra-quebra na estátua de Iemanjá em Camburi? Quantas campanhas seriam engendradas contra suas músicas na Internet em nome de um único e supremo Deus? Quantas comunidades do "eu odeio" circulariam pela rede contra a mineira guerreira?

Pode ser exercício vão da minha bola de gude de cristal, mas a sombra destes dias que correm intolerantes e impacientes à diferença apontam para esta possibilidade. Mesmo com o pensamento remoendo, a noite de homenagens à artista na Estação Porto trouxe de volta a força daquelas canções, e o ânimo do público recuperou em mim a esperança de que Clara continuaria reverenciada e esquentando lugar no coração das platéias.

Seu canto, diferente do que dizia o poeta ("... que mesmo morrendo, não morre todo e fica no ar, parado"), continua em movimento, e deu sinais da sua presença naquele cais de eterna calmaria.

Jace Theodoro escreve às quintas-feiras neste espaço.
jacetheodoro@uol.com.br





postado no fã clube por MARCIO GUIMA, para que os fãs de CLARA , possam fazer uma REFLEXÃO!!!!!!!

ESTOU CONTIGO MARCINHO E AINDA DIGO MAIS:
CLARA NUNES É ALEGRIA, É FASCINAÇÃO, É PAZ NO CORAÇÃO, CLARA É A LUZ QUE CLAREIA NOS DIAS DE ESCURIDÃO, CLARA É AMOR, CLARA É A SUAVE BRISA DA MANHÃ, CLARA É BELEZA , É SOL, É MAR, CLARA É FORÇA , CLARA É A CALMARIA DEPOIS DA TORMENTA,É O AR , É A CHUVA , É NATUREZA EM SUA IMENSIDÃO.

VAMOS SEGUIR OS PRECEITOS DE CLARA, AMAR, SER AMIGO , RESPEITAR , SER FÃ SEM INSULTAR , SEM FERIR, SEM MALTRATAR,

VAMOS REPENSSAR NAS COISAS QUE CLARA GOSTARIA, UNIÃO DE SEUS FÃS, SOLIDARIEDADE , AMIZADE.


VAMOS SER FÃS E FAZER COM QUE CLARA LEMBRE PAZ, AMOR, SAUDADE TODOS COM AMOR NO CORAÇÃO.


ANINHA VIEIRA

Um comentário:

Neide Pessoa disse...

"VAMOS REPENSSAR NAS COISAS QUE CLARA GOSTARIA, UNIÃO DE SEUS FÃS, SOLIDARIEDADE , AMIZADE".
Aninha:
fico feliz ,ao visitar seu blog,
encontrar propostas ,que são comuns.
Não tem mesmo sentido, que fãs
de uma criatura como Clara,
não estejam unidos, concordo com você.
Eu, por exemplo, já pedi a Deus o perdão, (pois só Ele tem este poder)
de perdoar) para todos que tentaram me ofender,gratuitamente
Que Deus te ouça, que nos ouça.
Vale,sim, a reflexão que você comenta sobre o artigo postado pelo Márcio, em nosso Blog Clara Voz de Ouro,que Márcio e eu fazemos com amor no coraão
Na paz,
Neide

HOMENAGENS!

Loading...

CLARA NUNES, MEU SONHO CRISTALINO!

guerreira!

MINHA HOMENAGEM Á CLARIDADE

PARCERIA MERCADO LIVRE

CLARA NO YOU TUBE

Loading...

ANINHA VIEIRA

Minha foto
BRASIL, RS, Brazil
MAIS UM ESPAÇO DEDICADO A NOSSA ESTRELA MAIOR CLARA NUNES. CLARA, NÓS TE AMAMOOOOOOOOOOOOOSSS!!!! ANINHA VIEIRA/RS